Coisas que uma grávida não deve fazer

Diferença entre plano de saúde e seguro saúde
Diferença entre plano de saúde e seguro saúde
13 de julho de 2017
consumo de bebida alcoólica
O que o consumo de bebida alcoólica faz com a saúde
13 de julho de 2017

Coisas que uma grávida não deve fazer

Coisas que uma grávida não deve fazer

A gravidez talvez seja o momento mais esperado na vida de uma mulher. Depois de muito trabalho e planejamento, aquelas que desejam um filho estão aptas a, em conjunto com seu parceiro ou não, realizar o sonho de ser mãe, um dos momentos mais lindos na vida de qualquer um.

No entanto, a gravidez é um período complicado. Ocorrem diversas mudanças no corpo da mulher, fazendo com que seus hormônios estejam à flor da pele, o que pode afetar seu humor. Em alguns casos, complicações físicas também podem ocorrer, colocando a saúde da mulher e de seu bebê em risco.

A boa notícia é que, em muitos casos, estas complicações podem ser evitadas, desde que a grávida realmente obedeça às recomendações médicas, é não faça diversas outras coisas que podem de fato prejudicar sua gravidez e ao seu filho. São estes comportamentos que devem ser evitados por uma grávida que conhecemos na sequência.

Comportamentos de risco durante e gestação

Apesar da maioria desses comportamentos serem conhecidos por quase todos, vamos listar aqui os principais. É importante lembrar que tudo deve ser feito com acompanhamento médico, por isso consulte os especialistas de seu plano de saúde.

Evite comer alimentos crus: frutos do mar, peixe, ovos em maionese caseira, leite e seus derivados não pasteurizados devem ser evitados. Saladas devem ser consumidas somente após sua higienização com um pouco de cloro ou solução de vinagre;

Não tome medicamentos sem indicação médica: mesmo os medicamentos mais simples e inofensivos, como os para dor de cabeça e para azia, devem ser prescritos por meio de indicação médica para que nenhum problema surja;

Não faça tatuagens: apesar da grande maioria dos estúdios terem rígidas regras de higiene, durante a gravidez a pele fica mais seca, facilitando o surgimento de infecções de pele e outras complicações;

Tenha cuidado com os produtos para cabelos: substâncias presentes em alisantes e tinturas costumam conter metais pesados e amônia, que podem ser absorvidos pelo corpo e prejudicar o desenvolvimento do feto, em especial nos três primeiros meses de gravidez;

Preste atenção aos cremes hidratantes utilizados: muitos dos hidratantes contêm altas concentrações de ureia, que não são recomendadas durante a gravidez. O ideal e contar com cremes específicos para gestantes.

Álcool e drogas na gravidez

Já se sabe que vinhos e champanhe em pequenas doses, como durante um jantar ou uma comemoração não causam grandes danos durante a gestação. O problema reside no consumo excessivo de álcool, como tomar cerveja todos os finais de semana.

No entanto, o cigarro é terminantemente proibido. As mais de 7.000 substâncias tóxicas presentes em sua composição são comprovados como agentes de malformação do feto. Isso porque o cigarro reduz o nível de oxigênio no sangue e, consequentemente, a disposição de oxigênio para o bebê.

Dentre os principais problemas acarretados pelo cigarro ao feto, podemos citar:

– Parto prematuro;
– Rompimento da bolsa;
– Feto com crescimento abaixo do esperado;
– Baixo peso ao nascer;
– Placenta prévia;
– Morte neonatal.

Por isso, não só o cigarro como qualquer outro tipo de droga deve ser evitado a todo e qualquer custo.

Se você tem dificuldades para parar de fumar, consulte o médico do seu plano de saúde e ele saberá qual o melhor tratamento para te auxiliar a abandonar o vício, pois diversas operadoras de saúde contam com ações de cuidados globais em gestante e mulheres que desejam engravidar.

Os comentários estão encerrados.